Empreendedor: A profissão que mais vai crescer

Os benefícios e desafios da profissão que mudará o futuro

Série Profissões - Artigo 04
O Empreendedor, antes de tudo, precisa ser uma pessoa criativa.

No último artigo da série profissões, trouxemos para vocês, leitores do Blog, algumas informações sobre as profissões que vão desaparecer e o porquê disso acontecer. Sabemos que as mudanças dentro das áreas profissionais são inevitáveis, afinal de contas, a cada dia estamos a evoluir em relações humanas, tecnologias e estudos. O mundo está mudando.


Hoje também falaremos sobre essas mudanças, mas, de outra perspectiva. Este artigo é sobre a profissão que não vai desaparecer e que também, mudará o nosso futuro: o Empreendedorismo.


Você sabe o que é o Empreendedorismo?

De acordo com o Dicio, Dicionário Online de Português, o significado de Empreendedorismo é:

  1. Capacidade de projetar novos negócios ou de idealizar transformações inovadoras ou arriscadas em companhias ou empresas.

  2. Vocação, aptidão ou habilidade de desconstruir, de gerenciar e de desenvolver projetos, atividades ou negócios.

  3. Reunião dos conhecimentos e das aptidões relacionadas com essa capacidade.

É possível notar que essa profissão não possui delimitação de área, mas requer a habilidade de o indivíduo perceber as necessidades de sua época, e trazer uma solução, uma resposta ao que a sua sociedade vigente apresenta como demanda.


Aquele que se aventura no Empreendedorismo é chamado de Empreendedor. Este deve desenvolver diversas características para florescer e crescer em sua área escolhida de atuação. Confira abaixo as 5 principais habilidades de um empreendedor.


1 - Percepção

O Empreendedor deve ser um bom observador. Ele será o desenvolvedor de produtos e serviços que são necessários no mercado atual, portanto, deve possuir esse olhar atento às demandas reais da sociedade. Por isso é uma profissão que tende a crescer.


Este trabalho requer que várias perguntas sejam feitas e refletidas, como:

  • Este produto/serviço é necessário neste momento?

  • Existe um público que precisa deste serviço/produto?

  • Existe tecnologia e recursos suficientes para a entrega desse produto/serviço atualmente?

  • É um produto/serviço que pode ser rapidamente substituído por outra tecnologia?

  • Quem é o público-alvo deste produto/serviço?

  • Este produto/serviço faz sentido para mim?

Estas são algumas das perguntas importantes que um bom empreendedor deve fazer e responder para encontrar o produto ou o serviço certo, para o momento certo.


2 - Criatividade

Após entender as necessidades de sua realidade, o empreendedor pode inovar algo que já existe ou criar algo novo para oferecer como serviço ou produto. Esse processo reflexivo é custoso, porém eficaz.


Na hora de montar o seu negócio, o empreendedor precisa criar as respostas, criar novos caminhos, criar soluções para problemas. Daí vem a necessidade da habilidade criatividade.


A criatividade é um dom do ser humano. Crianças são genuinamente criativas. Ao longo de nossa jornada na vida, muitas situações fazem com que nossa criatividade seja podada e, não raramente, minada.


Muitas pessoas em sua vida adulta recorrem a diversos especialistas com o intuito de recuperar essa potência criativa. Saber lidar com frustrações, ser uma pessoa flexível e resiliente tem a ver com o quanto somos criativos.


Para recuperar esse dom podemos fazer pequenos exercícios diários, como:

  • Ouvir uma canção de olhos fechados e deixar as emoções fluírem;

  • Fazer algo dentro da sua rotina de uma forma diferente (pegar um caminho diferente para ir para o trabalho);

  • Criar uma receita nova para um jantar;

  • Vestir-se de modo diferente do habitual;

  • Escrever sobre um pensamento ou ideia uma vez na semana;

  • Exercitar a gratidão se concentrando no que é bom e positivo a sua volta;

Esses exercícios nos ajudam a nos conectarmos com a nossa essência, como também com a realidade que nos cerca, dando a nós a possibilidade de vermos e entendermos a realidade posta. Abaixo, um especialista no assunto aborda em uma outra perspectiva a importância da criatividade.




3 - Resiliência

O empreendedor, mesmo sendo visionário e criativo, vai errar em sua jornada. A grande diferença entre bons e maus empreendedores é o quanto esses fracassos, dentro da jornada do seu negócio, farão com que ele avance ou desista.


Ser resiliente é aceitar que as coisas podem dar errado, aprender com os erros e tirar das piores e melhores situações a potência para crescer.


De fato, é uma característica imprescindível para pessoas que querem se aventurar no empreendedorismo. O mercado muda muito, as tecnologias a cada dia se inovam, o mundo está em constante alteração.


O empreendedor deve tirar forças das mudanças e aprender com elas. Com isso, a próxima característica será de grande valia para a reorganização do seu negócio.


4 - Flexibilidade

O Empreendedor que aprendeu com as mudanças, entende que ele e seu negócio precisam acompanhar esse movimento. Nesse momento, a característica importante para esse negócio continuar bem sucedido é a flexibilidade.


Saber se adequar, se reorganizar, se reestruturar é ser flexível. É entender que nem tudo que estava nos planos, vai acontecer. É ter que lidar com uma pandemia inesperada e se reinventar. É perceber que seu produto está desatualizado e transformá-lo, adaptá-lo. É reorganizar as metas depois que elas foram frustradas, é entender os limites do seu negócio e estar bem com isso.


Para tudo isso funcionar, desenvolver a última habilidade dessa lista será a chave para o empreendedor sustentar esse caminho.

5 - Determinação

O empreendedor deve nutrir sua determinação, também conhecida como força de vontade. Diferente do que pensamos, a força de vontade não é algo natural, mas algo que precisa ser desenvolvido em nós.


No livro "O Poder do Hábito", o autor Charles Duhigg, entre muitos assuntos, fala sobre a força de vontade. Ele comenta sobre alguns experimentos e suas conclusões a partir de estudos. Para facilitar o entendimento, imagine que a força de vontade é como um músculo do corpo humano. Ela tem uma determinada força baseada no tanto que é exercitada. Quem quer ser mais determinado, ter mais força de vontade, deve exercitar isso diariamente.


Esse estudo também revelou que a força de vontade é limitada, que ela se desgasta ao longo do dia, assim como o nosso corpo se cansa. Por isso, é importante o exercício diário dela, para que ela se expanda, assim como como o corpo cresce em força e resistência com a prática de exercícios físicos.


Como aumentar a força de vontade e determinação? Através de pequenos hábitos no dia a dia, sustentar pequenos desconfortos diários faz com que nossa resistência e determinação aumente.


Se você chegou até aqui, você já tem todos os passos para se tornar um ótimo empreendedor.


Aqui na Asped nós temos como objetivo levar crescimento para a nossa comunidade. Desenvolvemos diversos trabalhos para capacitação de crianças, jovens e adultos, como palestras, aulas de reforço, aulas de jiu-jitsu, ballet, treinamentos, atendimentos especializados e muito mais.


Se você gostou do nosso trabalho e quer fazer parte dessa equipe, ajudando a comunidade crescer, entre em contato conosco e faça parte dessa família.



Mídias: Shutterstock e Youtube


Contato Asped


Rua Calil Abrão, 121 - Luizote de Freitas


Uberlândia-MG - 38414-256


E-mail: contato@asped.org


Tel: +55 (34) 3217-9696


Whatsapp: +55 (34) 98805-2440

13 visualizações0 comentário