Divertidamente: uma forma simples e lúdica de ensinar seu filho sobre as emoções

Muitos pais e cuidadores ficam perdidos na hora de ensinar as crianças sobre temas mais densos e complexos como as emoções e sua importância para a vida


A animação divertidamente é um ótimo recurso para ensinar sobre as emoções

As emoções são sensações que nos acompanham durante nosso dia a dia, 24 horas por dia. Nem sempre estamos preparados para lidarmos com elas. Não é diferente com as crianças. Como ensinar a criança sobre esse tema tão complexo de forma eficaz?


Uma dica pertinente é o uso da imaginação para ensinar a criança temas mais densos. Confira aqui uma ideia:


Divertidamente foi uma animação da Pixar lançada no ano de 2015. A premissa do filme é a mente de uma menina chamada Riley, que com 11 anos precisa se mudar de cidade com seus pais.


Ela passa por diversas frustrações, desconstruções e reconstruções ao longo do enredo e juntamente com ela, suas emoções estão vivas e agindo em sua mente.


Durante a maior parte do filme a personagem Alegria comanda a mente de Riley. É nítido no filme como a Alegria deixa de escanteio as outras emoções, principalmente a Tristeza. Por conta disso, a Tristeza decide se afastar da sala de controle da Riley, e se esconde em sua mente.




A Alegria percebe que sem a Tristeza na sala de controle, algumas estruturas mentais de Riley começam a desabar, por isso, vai em busca da Tristeza para restabelecer a harmonia dentro da mente da menina.


Sala de controle da mente de Riley

Dentre muitos ensinamentos no filme, podemos citar alguns:


1 - Todas as emoções são importantes para a manutenção da vida

Mesmo que algumas emoções sejam desconfortáveis, como a raiva ou a tristeza, elas são fundamentais para processos internos da nossa mente.


A raiva, por exemplo, é uma emoção que fala sobre nosso senso de justiça e proteção. A tristeza, fala dos valores que são importantes para nossa vida e sobre nosso apreço por pessoas, conquistas e muito mais.


Ao assistir a animação, é perceptível a desordem emocional que a criança sofre ao exilar ou esconder uma de suas emoções.


É fundamental acolhermos cada uma das emoções, pensarmos sobre elas e ensinarmos a criança a fazer isso. Nomear as emoções e entender as características de cada uma é um primeiro passo ideal.


Todas as emoções são fundamentais para nossa qualidade de vida


2 - As emoções podem ser expressas de modo saudável

Muitas pessoas aprenderam sobre quais são as emoções, mas nas horas de súbita raiva ou profunda tristeza, não sabem como lidar com esses sentimentos.


Uma parte do amadurecimento emocional é saber o que fazer e como expressar cada uma dessas emoções de forma protegida e saudável.


Como recursos para a raiva temos, por exemplo, o escrever sobre como está se sentindo, pensar sobre o motivo da sua raiva, de onde vem essa crença que fez você ter raiva, pensar se essa raiva é algo que diz mais respeito a você ou mais sobre o outro, será que tem alguma expectativa frustrada no meio dessa emoção?


Da mesma forma, é preciso fazer isso com todas as emoções antes de explodirmos e, como é de costume, jogarmos em cima das pessoas nossas frustrações e emoções ou as escondermos para nunca mais mexermos.



Na animação, Riley aprende a elaborar e expressar melhor suas emoções, de modo que a comunicação com a família se torna mais assertiva e eficaz e, por conta disso, ela consegue ser compreendida e acolhida por quem ela mais ama, seus pais.


3 - A ludicidade é a chave

O filme Divertidamente é um ótimo recurso para ensinar crianças sobre as emoções, afinal é uma forma lúdica de falar de um tema tão complexo.


A ludicidade auxilia o entendimento da criança sobre diversos temas, os detalhes e características do desenho são fundamentais para ativar a imaginação da criança e a percepção da diferença das personagens. Características físicas são mais fáceis de serem assimiladas do que características subjetivas.


Então, na hora de ensinar uma criança, utilize elementos físicos e visíveis para acompanhar as suas explicações. Lembre-se de repetir as mesmas informações algumas vezes, pois, o tempo de absorção de informações da criança é mais longo do que o do adulto.



Precisa de ajuda?

Se está precisando de ajuda para ensinar seu filho sobre as emoções, ou está em dúvida sobre procurar algum apoio para seu filho, podemos te ajudar. Deixamos um artigo no blog sobre a hora certa de fazer intervenções para melhor qualidade de vida da sua criança.


Além disso, aqui na Asped disponibilizamos diversos atendimentos para crianças, como atendimento psicológico, aulas de reforço escolar, aulas de luta e dança além de vários novos projetos que chegam a cada mês. Entre agora em contato e garanta a vaga do seu filho.




Contato Asped

Rua Calil Abrão, 121 - Luizote de Freitas

Uberlândia-MG - 38414-256

E-mail: contato@asped.org

Tel: +55 (34) 3217-9696

Whatsapp: +55 (34) 98805-2440


72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo