Você sabe a diferença entre assistência social e assistencialismo?

Estes dois temas, apesar de serem escritos de modo muito parecido, possuem diferenças gigantes entre seus significados


Morador de rua dormindo no chão

Assistência social e assistencialismo são dois termos muito parecidos, talvez por isso muitas pessoas confundem e misturam seus significados. Você também pode estar descobrindo agora que eles não são a mesma coisa, mas fique tranquilo que esse texto te ajudará a diferenciar um do outro. Para entender melhor essas diferenças, é importante conceituar essas duas categorias.


A assistência social está relacionada ao desenvolvimento humano, sendo considerada um direito de toda pessoa. Então, ela é abrangente e tem uma perspectiva mais aprofundada do que o assistencialismo. Por sua vez, o assistencialismo tem um caráter caritativo, é uma ajuda, um apoio a alguém, uma caridade pontual, sem a perspectiva de impacto profundo ou mudança de vida para quem está recebendo a ação mas, com o intuito de solucionar um problema imediato dessa pessoa.


Além do aspecto de direito humano, a assistência social visa a constituição da cidadania do indivíduo, a participação na sociedade, ao passo que se desenvolve a proteção do mesmo e a prevenção de situações de vulnerabilidade social.


“O assistencialismo é um ato pontual enquanto a assistência social é uma política pública

Por ser um tema tão relevante, no dia 26/08/2021 a Asped promoveu, em parceria com o evento Diálogos, a palestra intitulada: Assistência social x Assistencialismo, a palestra contou com duas assistentes sociais para abordar o tema e suas diferenças, além de ter arrecadado 50 Kg de alimentos não perecíveis através de inscrições de participação. Para saber mais sobre como foi essa noite da palestra,clique aqui.


Voltando às diferenças dos termos, veja agora alguns pontos principais de divergência entre essas duas categorias:

  • O assistencialismo é um ato pontual enquanto a assistência social é uma política pública;

  • O assistencialismo tende a resolver um problema imediato, já a assistência social investe numa mudança de vida;

  • O assistencialismo provê recursos momentâneos, a assistência social acompanha e provê recursos a longo prazo para possibilitar a autonomia do indivíduo;

  • O assistencialismo pode ser feito por qualquer pessoa, mas a assistência social, como política pública regulamentada, tem seus profissionais. Eles são chamados de assistentes sociais, são pessoas que cursam, concluem o curso de Serviço Social, se registram no CRESS (Conselho Regional de Serviço Social) do Estado que atuam e conduzem projetos, ONG’s, associações, entre outros;

Caso queira conhecer um pouco mais sobre a história da Assistência Social no Brasil e seus desdobramentos em contextos de crises, você pode clicar aqui para ler uma matéria da MGN, uma empresa de “gestão de projetos para transformação social”, como cita o site da empresa.


Da teoria à prática

Agora que já foi feita a diferenciação dos dois termos você já está pronto para sair da teoria e ir para a prática?

É isso mesmo! A Asped é uma associação que se movimenta pela Assistência Social. Quer dizer que temos profissionais (assistentes sociais) conduzindo os trabalhos realizados, além de muitas opções de projetos para você participar e ajudar a promover a cidadania e este direito às pessoas em vulnerabilidade social.

Voluntária em aula de reforço escolar

Legal, mas eu estou meio sem tempo! Neste caso você pode doar mantimentos, roupas, brinquedos, itens de higiene pessoal, eletrodomésticos e tudo que você imagina que pode ajudar alguém, além de apadrinhar um acamado para que ele receba fraldas geriátricas mensalmente.


Esse mês estou apertado financeiramente!

Tudo bem, você pode doar parte do seu tempo fabricando fraldas geriátricas com o grupo de voluntários, fazer visitas para entrega de mantimentos e muito mais.


Não tenho muito tempo mas, posso ajudar com minha profissão?

Claro, vários profissionais de diversas áreas são parceiros da Asped, como advogados, psicólogos, nutricionistas, médicos, músicos, que atendem de forma gratuita ou com preços sociais.



Com certeza você vai encontrar uma área que seja a sua cara. Venha fazer parte desta equipe. Seja um voluntário. Ajude a Asped a transformar vidas.


Ficou alguma dúvida? Entre em contato com a Asped!



Contatos da Asped

Rua Calil Abrão, 121 - Luizote de Freitas

Uberlândia-MG - 38414-256

E-mail: contato@asped.org

Tel: +55 (34) 3217-9696

Whatsapp: +55 (34) 98805-2440



Imagens: Freepik



71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo